Anais do Seminário PIBID UESB/Campus de Itapetinga - ISSN 2526-9275, Vol. 1, No 1 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

A IMPORTÂNCIA DO PIBID PARA A FORMAÇÃO DOCENTE

Paula Josefina Brito Pales, Soenilson dos Santos Costa, Moana Ferreira dos Santos, Ennia Débora Braga Pires

Resumo


Este trabalho resulta das experiências vivenciadas por bolsistas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à docência (PIBID-UESB), do subprojeto de Pedagogia, linha de ação: anos Iniciais do Ensino Fundamental, em uma escola pública de Itapetinga, parceira do Programa. O objetivo do trabalho é destacar as contribuições do PIBID para os alunos dos cursos de formação de professores, em específico do curso de pedagogia da UESB, identificando de que modo estas vivências impactam na constituição da identidade do profissional docente. A participação e as vivências no espaço escolar, proporcionadas pelo PIBID, configuram-se como um processo de socialização que possibilita a interação de conhecimentos propícios para a constituição da identidade docente. Para fundamentar nosso trabalho, buscamos contribuições nos estudos de ALLAIN (2005, 2006, 2010), OLIVEIRA (2011), dentre outros autores. Durante todo o percurso da graduação, os alunos dos cursos de licenciaturas sentem a necessidade de uma maior experiência com a realidade escolar sendo esse aspecto apontado como uma lacuna histórica na formação de professores no Brasil. A parceria estabelecida entre a universidade e a escola de educação básica por meio do PIBID proporcionam aos estudantes dos cursos de formação de professores a oportunidade de relacionar e compreender a dinâmica do processo de ensino/aprendizagem e a aproximação com o cotidiano escolar, superando a lacuna anteriormente apresentada. Através do PIBID, a interação da universidade, como um espaço de formação, e a escola de ensino básico, como um espaço de atuação e formação, se desenvolve numa relação bilateral, na medida em que essa parceria objetiva promover a formação inicial dos graduandos e a formação continuada dos professores da educação básica. Como destaca DUBAR (1997), “as identidades estão em movimentos [...] e, que as formas identitárias resultam da articulação entre a transação objetiva e subjetiva, caracterizam estado de continuidade ou ruptura entre identidade herdada e visada no hábito subjetivo”. Esse movimento é o eixo central da proposta formativa do PIBID, onde os bolsistas estão integrados como sujeitos participantes de um processo significativo de constituição e reconhecimento da identidade profissional docente. Sendo capazes de fazer a articulação das bases de um conhecimento múltiplo, que envolve o real e o ideal, da ação/reflexão do processo de ensino/aprendizagem. A busca pela compreensão da complexidade da atividade docente impõe aos bolsistas desafios reais e instigantes, que os envolvem numa busca constante por novos conhecimentos e habilidades. Esse processo de busca aproxima os bolsistas da docência e lhes permitem atribuir novos sentidos ao trabalho docente, favorecendo o engajamento na atividade do professor e, consequentemente, a construção da identidade docente. O PIBID possibilita ainda, ao bolsista de iniciação à docência, aliar a teoria com o campo prático da docência, fomentando a reflexão sobre a dinâmica da sala de aula. Configura um modelo de formação para além do exercício das atividades práticas ou meramente teóricas; um modelo de formação fundado na ação/reflexão sobre e nas práticas pedagógicas. Assim, a interação entre os sujeitos envolvidos contribuiu para a constituição e afirmação da identidade docente nos discentes participantes do programa. Por fim, salientamos que o PIBID, ao propor experiências formativas significativas e contextualizadas, soma esforços para elevar a qualidade dos cursos de formação de professores e, consequentemente, contribui para elevar a qualidade da educação básica no país.

 

Palavras-chave: Docência. Educação Básica. PIBID.


Texto Completo: PDF

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0.