Anais do Seminário PIBID UESB/Campus de Itapetinga, Vol. 1, No 1 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

EDUCAÇÃO INFANTIL E MEIO AMBIENTE: uma experiência com materiais recicláveis

JORSINAI ARGOLO SOUZA, Jaqueline Rodrigues Dias, Narajane de Jesus Souza Barreto, Raelma Santos Carvalho Pereira, Vaneusa Pereira Oliveira

Resumo


O presente trabalho relata a experiência desenvolvida no Centro de Educação Infantil Luíza Ferraz, escola parceira do Programa de Iniciação á Docência - PIBID, subprojeto de Pedagogia, linha de ação Educação Infantil com as crianças da turmas de Pré I e Pré II referente a importância da preservação do meio ambiente. Sendo assim, a partir das orientações das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil (2009) que afirmam que as práticas pedagógicas devem garantir “experiências que promovam a interação, o cuidado e a preservação e o conhecimento da biodiversidade e da sustentabilidade da vida na Terra, assim como o não desperdício dos recursos naturais”, as bolsistas e supervisoras resolveram oportunizar ás crianças o contato com materiais recicláveis, despertando a sua consciência para a questão ambiental. Para tanto, foram planejadas e desenvolvidas intervenções no formato de oficina. A oficina de maior destaque foi a oficina de construção de brinquedos, a partir da reutilização de materiais recicláveis, em que as crianças transformaram rolinhos de papel higiênico em uma borboleta. Essa experiência estava relacionada a leitura do texto A borboleta levada. Inicialmente entregamos o rolinho de papel higiênico para cada criança e perguntamos qual a cor que ela desejava pintar o corpo da borboleta. Em seguida, entregamos um pincel e a tinta da cor escolhida e deixamos que elas pintassem livremente. Logo depois, recolhemos os rolinhos pintados para deixar secar e distribuímos asas feitas, anteriormente pelas crianças, de papel ofício para realizarem uma pintura com lápis de cor. Por fim, colamos juntamente com as crianças as asas já pintadas nos rolinhos já com a pintura seca, deixamos depois que as crianças desenhassem e fizesse o olho e a boca borboleta. A experiência de ver a produção de um brinquedo confeccionado por elas, provocou muito entusiasmo nas crianças. Através dessa vivência de reaproveitamento de embalagens, às crianças perceberam que é possível dá um fim diferente ao lixo, usando criatividade e transformando o lixo reciclável em um brinquedo. Além disso, outras aprendizagens foram proporcionadas às crianças através da articulação entre diferentes áreas do conhecimento - respeito aos colegas durante o trabalho em grupo, incentivo à criatividade e imaginação artística e desenvolvimento da coordenação fina e ampla através do manuseio de materiais necessários à confecção da arte, ampliação dos conhecimentos sobre cores, formas, tamanhos. Evidenciamos que valores, atitudes e comportamentos adquiridos na infância podem ter impacto duradouro na vida. Sendo assim, a educação infantil é um espaço privilegiado para auxiliar as crianças em sua formação como sujeitos responsáveis do ponto de vista socioambiental realizando hábitos saudáveis para o meio ambiente nos diversos espaços do seu convívio.

Palavras-chave: Educação infantil. Meio ambiente. Pibid. Reciclagem.


Texto Completo: PDF

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0.