Cadernos de Ciências Sociais Aplicadas, Ano 14, nº 24, jul/dez 2017 (publicação: 28/03/2018)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Crises econômicas e possíveis saídas à luz das teorias keynesiana e pós-keynesiana

Lauro Mattei, Kattiane Medeiros Santos Silva

Resumo


O objetivo do presente trabalho é analisar as crises econômicas e apresentar possíveis soluções à luz da teoria keynesiana. Conforme sustenta essa teoria, a origem da crise iniciada em 2008 está no processo de desregulamentação financeira em curso desde a década de 1980, quando a agenda neoliberal passou a liderar o debate econômico. Para superar essa crise e regular os mecanismos financeiros, a teoria keynesiana entende ser necessária uma intervenção do Estado capaz de recuperar a confiança dos agentes econômicos e de reduzir o nível de incertezas. O estudo concluiu que, além das políticas regulatórias, é necessário adotar políticas macroeconômicas que estimulem a demanda agregada com o objetivo de recuperar o nível de produção e de emprego e o consumo das famílias.

Texto Completo: PDF


 

Este periódico esta indexado nos seguintes repositórios:

Latindex     Sumários     Sumários        width=




                    ISSN (impresso): 1808-3102        ISSN (on-line): 2358-1212
                                           

                                                   Licença Creative Commons

 


                            UESB                                              Edições Uesb                                         IBICT