COLÓQUIO BAIANO TEMPOS, ESPAÇOS E REPRESENTAÇÕES: ABORDAGENS GEOGRÁFICAS E HISTÓRICAS --- ISSN 2359-1218, Vol. 1, No 1 (2013)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

LAVADEIRAS DE ROUPA DO RIO: GEOGRAFIA HUMANISTA E MEMÓRIA.

Nádia Sampaio

Resumo


O pensamento humanista se expressa na valorização do espaço vivido, visto como lugar significativo e valorizado. Nessa perspectiva, o homem não apenas vê, mas atribui valor as coisas que o cercam, e no bojo dessa relação é que está a sua apreensão do espaço. Assim, pode-se falar da memória social que permite a transmissão das tradições por meio das experiências compartilhadas ao longo dos anos, bem como a produção dos sentidos que são compartilhados, como um processo ativo e dinâmico, fruto das relações de poderes já instituídos que constrói aquilo que reconhecemos como parte da cultura humana e promove a manutenção da própria vida das lavadeiras do rio Pardo no sudoeste da Bahia.Palavras-chave: Geografia Humanista. Memória social. Lavadeiras de roupa.

Texto Completo: PDF