COLÓQUIO BAIANO TEMPOS, ESPAÇOS E REPRESENTAÇÕES: ABORDAGENS GEOGRÁFICAS E HISTÓRICAS --- ISSN 2359-1218, Vol. 1, No 1 (2013)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

LITERATURA FRAGMENTADA E O IDEÁRIO MODERNIZADOR NO ALTO SERTÃO (CAETITÉ-BA, 1920 a 1950)

Maria Aparecida Dias Castro

Resumo


O presente artigo tem por escopo analisar o surgimento e divulgação de ideias civilizadoras no alto sertão da Bahia, veiculadas em periódicos locais e em poemas inéditos de um literato sertanejo, Gonçalo do Amarante Costa. Através de um diálogo entre história e literatura, buscou-se interpretar tais textos inserindo-os em um projeto civilizador de segmentos sociais dominantes. Esses ideais e convicções de membros da intelligentsia apresentaram-se como formas de pensar com vistas a consolidar e manter uma ordem social elitista, cujos reflexos incidiram no cotidiano, nas vivências e práticas de diversos sujeitos sociais.Palavras-Chave: Ideário Modernizador. Alto Sertão da Bahia. Memória.

Texto Completo: PDF