Políticas Editoriais

Foco e Escopo

Fólio, do Latim folium, 'folha'. Entre os antigos contava-se que a Sibila inscrevia suas predições sobre folhas de palma, passando o vocábulo a designar 'folha de escrever', 'folha de papel' (= charta). É na materialidade da folha na qual se inscreve o pensamento através da mí­dia das letras impressas que o pensar circula e se faz ele também material, matéria-prima do saber.

Fólio - Revista de Letras, vinculada ao Departamento de Estudos Linguí­sticos e Literários da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, propõe-se como espaço de concretização de ideias e circulação das Letras, entendida como campo de estudo e pesquisa voltado para a compreensão da atividade produtora simbólica humana. Seu objetivo é divulgar produções cientí­ficas de pesquisadores nacionais e estrangeiros nas áreas de Lí­ngua/Linguí­stica, Literatura/Teoria Literária e Estudos Aplicados, unindo disciplinas afins nas Ciências Humanas.

O nome da revista é manifesto de seu anseio plural, pois fólio é vocábulo panromânico: foglio, fögl, fuei, fueil, folh, full, folho, foaie, foglia, fodza, fögla, feuille, folha, fulla, hoja, folha. (respectivamente: italiano, engadino, friulano, francês antigo, provençal, catalão, português, romanzo, italiano, logudorês, engadino, francês, provençal, catalão, espanhol, português). A estrutura interna da revista assinala esse intuito da diversidade em uma unidade múltipla, congregando várias disciplinas.

Fólio nasce no espaço geográfico do interior da Bahia, no Sudoeste do Estado, com o intuito de criar ramificações em outros espaços próximos e distantes, num í­mpeto de crescimento capaz de ampliar os horizontes de dentro e de fora, gerando intercâmbios e florescendo como espaço de muitas palavras.

A revista tem periodicidade semestral, compõe-se das seguintes seções: I. Vertentes & Interfaces (Artigos); II. Repertório (tradução e textos de domí­nio público); III. Nascentes (produção de discentes); IV. Imagens (xilogravura, gravura, ensaio fotográfico); V. Lembrares (homenagem a escritores, poetas, crí­ticos, educadores); VI. Resenhas; VII. Conexões (Informes e divulgação de outros periódicos).

 

Políticas de Seção

ENTREVISTA

Editores
  • Diógenes de Lima, UESB
  • Márcio Roberto Dias, UESB
Não Selecionado Submissões Abertas Selecionado Indexado Não Selecionado Avaliado por Pares

VERTENTES & INTERFACES I: Estudos Literários e Comparados

Editores
  • Maria das Graças Andrade, Uesb
  • Leonardo Soares, Universidade Federal de Uberlândia
Selecionado Submissões Abertas Selecionado Indexado Selecionado Avaliado por Pares

VERTENTES & INTERFACES II: Estudos Linguísticos e Aplicados

Editores
  • Fernanda de Modl
Selecionado Submissões Abertas Selecionado Indexado Selecionado Avaliado por Pares

ENSAIOS

Não Selecionado Submissões Abertas Selecionado Indexado Selecionado Avaliado por Pares

REPERTÓRIO

Editores
  • Márcio Roberto Dias, UESB
Selecionado Submissões Abertas Selecionado Indexado Selecionado Avaliado por Pares

NASCENTES

Editores
  • Márcio Roberto Dias, UESB
Selecionado Submissões Abertas Selecionado Indexado Selecionado Avaliado por Pares

IMAGENS

Selecionado Submissões Abertas Selecionado Indexado Selecionado Avaliado por Pares

LEMBRARES

Não Selecionado Submissões Abertas Selecionado Indexado Não Selecionado Avaliado por Pares

RESENHAS

Editores
  • Márcio Roberto Dias, UESB
Selecionado Submissões Abertas Selecionado Indexado Selecionado Avaliado por Pares
 

Processo de Avaliação por Pares

Importante:

Esta revista adota o processo de Avaliação Cega por Pares (Bind Peer Reeview). Portanto, para assegurar a integridade da avaliação cega por pares, para submissões feitas à  Fólio, os autores devem tomar algumas precauções com o texto e as propriedades do documento:

 1. Em documentos do Microsoft Office, a identificação do autor deve ser removida das propriedades do documento (no menu Arquivo > Propriedades), iniciando em Arquivo, no menu principal, e clicando na sequência: Arquivo > Salvar como... > Ferramentas (ou Opções no Mac) > Opções de segurança... > Remover informações pessoais do arquivo ao salvar > OK > Salvar.

2. Em PDFs (quando for o caso), os nomes dos autores também devem ser removidos das Propriedades do Documento, em Arquivo no menu principal do Adobe Acrobat.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

CHAMADA DE PUBLICAÇÃO

N. 10, V. 1   jan./jun. 2018



FICÇÕES DO CONTEMPORÂNEO: INTERTEXTOS E DIÁLOGOS ENTRE LITERATURAS

Seção VERTENTES & INTERFACES I: Estudos Literários e Comparados

 A literatura sempre tem mantido um diálogo consigo mesma e com outras áreas do saber: a filosofia, a religião, a história, a antropologia, as artes em geral etc. Nesse sentido, o dossiê “Ficções do contemporâneo: intertextos e diálogos entre literaturas” tem como propósito reunir estudos que abarquem análises de romances, contos, crônicas nos quais se evidenciem relações intertextuais, retomadas de textos da tradição, reescritas que irmanem autores e obras de nacionalidades distintas.

Dessa forma, convidamos pesquisadores e demais interessados pela temática apontada para que contribuam com esse número da Revista Fólio.

 

Organizadores:

Altamir Botoso (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul – UEMS)

Wellington Furtado Ramos (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS)

 Prazo de envio dos trabalhos:

Até 31 de maio.

 

 

Seção VERTENTES & INTERFACES II: Estudos Linguísticos e Aplicados

A discussão sobre a internacionalização da língua portuguesa ultrapassa o limite do Brasil e ganha fôlego quando pensamos na lusofonia. Nesse contexto, qualquer que seja o motivo (econômico, político, cultural, familiar, pessoal, entre outros), a reflexão apresenta efeitos nas práticas sociais linguageiras humanas e profissionais colocando em evidência o ensino e aprendizagem da língua portuguesa e a formação de professores que atuam na área.

O nosso maior objetivo com o dossiê “A lusofonia em seus diversos contextos de ensino, aprendizagem e formação de professores” é reunir pesquisadores com interesse no tema para discutir questões relacionadas à diversidade do contexto do ensino e aprendizagem e da formação de professores, bem como constituir um banco de dados significativo, onde possamos encontrar reflexões teóricas e práticas a respeito dessa temática.

Interessa-nos, por exemplo, entender como pensar a internacionalização sem refletir sobre o papel das relações humanas e profissionais ou desconsiderando conceitos fundamentais como mundialização, (inter)(multi)(trans)culturalismo, cosmopolismo, (des)colonização, (trans)nacional, cada vez mais referenciados no campo da Linguística Aplicada e da Didática de línguas?

Esse conjunto de inquietude, em alguma medida, incita rediscussões sobre cidadania, identidade, comunidade, patrimônio, políticas, proficiência e acerca de tantos outros termos que recebem a adjetivação linguístico(a)(s).

É, portanto, um prazer convidarmos pesquisadores e demais interessados pela temática a contribuir para com essa edição da Revista.

Organizadores:

Eulália Vera Lúcia Fraga Leurquin (Universidade Federal do Ceará – UFC)

Fernanda de Castro Modl (Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia – UESB)

Prazo de envio dos trabalhos:

Até 31 de maio.

 

 

Seção NASCENTES

Tema Livre

 

Seção REPERTÓRIO




 

Periódico indexado em:

Latindex   Directory of Open Access Journals   Sumários   Home    width=    ulrich's   rcaap_logo    rcaap_logo   Elektronische Zeitschriftenbibliothek   rcaap_logo   rcaap_logo    rcaap_logo   rcaap_logo   rcaap_logo    rcaap_logo    rcaap_logo         rcaap_logo     Directory of Research Journals Indexin   Home   home   Base   Home   Home

 

 

ISSN: 2176-4182                      revistafolio@gmail.com                      Qualis B1


  ppgcel                                      UESB                                              Edições Uesb                                         IBICT