fólio - Revista de Letras, Vol. 9, No 2 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

A QUE NOTÍCIA QUE TEMOS (NÃO) É A NOTÍCIA QUE QUEREMOS: O JORNALISMO POLICIAL INFOR-MA O QUÊ?

Crislene Lisboa Girardi, Marcus Antônio Assis Lima

Resumo


Desde 1990 quando a televisão brasileira introduziu na sua programação jornalística programas policiais modificando a linguagem e os fatos que eram transformados em notícia, se faz necessário repensar o tipo de informação que queremos e até que ponto ela é realmente informativa e formativa. Dentro desse contexto é possível combater o nível da programação jornalística da televisão brasileira? (Teoricamente) O telejornal que deveria informar e formar será que vem cumprindo com tal papel? O jornalismo, e, mais precisamente, o jornalismo policial, a que, a quem e para que serve?


Texto Completo: PDF

 

 

 

Periódico indexado em:

Latindex   Directory of Open Access Journals   Sumários   Home    width=    ulrich's   rcaap_logo    rcaap_logo   Elektronische Zeitschriftenbibliothek   rcaap_logo   rcaap_logo    rcaap_logo   rcaap_logo   rcaap_logo    rcaap_logo    rcaap_logo         rcaap_logo     Directory of Research Journals Indexin   Home   home   Base   Home   Home

 

 

ISSN: 2176-4182                      revistafolio@gmail.com                      Qualis B1


  ppgcel                                      UESB                                              Edições Uesb                                         IBICT