fólio - Revista de Letras, Vol. 9, No 2 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

A HORA DA ESTRELA: ARTESANATO ESCRITURAL OU CAOS NARRATIVO?

Betina Ribeiro Rodrigues da Cunha

Resumo


Estas anotações apresentam uma reflexão apreciativa do jogo-brincadeira discursiva emergente do discurso narrativo contemporâneo, do qual Clarice Lispector, em A hora da estrela, é tomada como representante-proponente de uma arquitetura textual solapada pelo exercício lúdico, oferecendo, ao mesmo tempo que busca, questiona e desvela – uma feição mais harmoniosa e mais poeticamente lúcida da condição humana, no âmbito das relações entre narrador, autor, personagem e leitor.


Texto Completo: PDF

 

 

 

Periódico indexado em:

Latindex   Directory of Open Access Journals   Sumários   Home    width=    ulrich's   rcaap_logo    rcaap_logo   Elektronische Zeitschriftenbibliothek   rcaap_logo   rcaap_logo    rcaap_logo   rcaap_logo   rcaap_logo    rcaap_logo    rcaap_logo         rcaap_logo     Directory of Research Journals Indexin   Home   home   Base   Home   Home

 

 

ISSN: 2176-4182                      revistafolio@gmail.com                      Qualis B1


  ppgcel                                      UESB                                              Edições Uesb                                         IBICT