Odeere (UESB), Vol. 2, No 4 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Interseccionalidade em educação e saúde: o livro Cenários da Saúde da População Negra no Brasil - Diálogos e Pesquisas, 2016

Lucia Ferraz Varges de Souza

Resumo


A saúde e a educação são campos que se esbarram no fazer cotidiano dos profissionais que atuam com seres humanos. A relação destes dois campos deve ser de equilíbrio e harmonia tanto no campo do trabalho de professores, como no trabalho de profissionais médicos, psicólogos, enfermeiros, enfim. O campo da pesquisa raramente consegue agregar com harmonia esta necessidade de interseccionalidade em saúde e educação. Diante desta realidade, o livro “Cenários da saúde da população negra no Brasil – diálogos e pesquisas” possui esta qualidade e agrega pesquisa em saúde e reflexões para profissionais que atuam nas escolas, no SUS, no SUAS, nas associações e instituições comunitárias.  O livro apresenta os sujeitos negros em suas vidas cotidianas com o olhar da pesquisa acadêmica que serve as necessidades do Brasil negro e indígena.

Texto Completo: PDF

INDEXADORES: