Politeia: História e Sociedade, Vol. 16, No 1 (2016)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

As relações entre escrita e oralidade na obra de Apuleio de Madaura

Sônia Regina Rebel de Araújo

Resumo


Analiso a imbricação entre o oral e o escrito em duas obras de Apuleio de Madaura – Apologia e O Asno de Ouro – num trabalho de literatura comparada e História. Busca-se demonstrar o poder da cultura oral na Província da África pertencente ao Império Romano, e a importância dos livros, pois Apuleio, ao se defender da acusação de magia no tribunal em Sabratha exibiu erudição típica de autores da Segunda Sofística e comentou seus livros científicos. A ligação entre oral e escrito na obra apuleiana bem como o elogio da sabedoria, evidencia-se igualmente no Livro XI deO Asno de Ouro, em três trechos: o discurso do sacerdote de Ísis, após Lúcio recuperar a forma humana; quando de sua primeira iniciação à Deusa Ísis; finalmente, após sua iniciação ao culto osiriano, ele se torna um magistrado romano capaz de ler os livros sibilinos.


Texto Completo: PDF

ISSN: 1519-9339 (versão impressa)

ISSN: 2236-8094 (versão on line)