Práxis Educacional, Vol. 13, No 24 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

A literatura no Programa Ensino Médio Inovador: perspectivas sobre os saberes e a prática pedagógica

Silvia Paulo, Ricardo Inocêncio Pereira, Rita Buzzi Rausch, Marcia Regina Selpa Heinzle

Resumo


Este artigo apresenta resultados de uma pesquisa que tem por objetivo analisar as práticas pedagógicas de professores de literatura no Programa Ensino Médio Inovador (ProEMI). O suporte teórico se baseia em Vygotsky (2002; 2003), Cereja (2005), Cereja e Magalhães (2012), Bakhtin (1988; 1997), bem como a Proposta Curricular de Santa Catarina (2014) e as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio (2012). A geração de dados foi por meio de entrevistas semiestruturadas com duas professoras de Língua Portuguesa e Literatura que lecionam no ProEMI numa escola da Rede Estadual de Santa Catarina. As categorias de análise foram: desenvolvimento de saberes pedagógicos; autonomia e protagonismo dos professores e alunos na aprendizagem; e significações da prática pedagógica quanto ao ensino da literatura. Constatou-se, quanto às práticas pedagógicas de professores de literatura promovidas pelo ProEMI, que há uma dificuldade em superar uma postura mais tradicional e de promover um ensino de literatura bem-sucedido. No entanto, algumas pistas presentes nas suas locuções permitem concluir que o ProEMI possibilita algumas inovações, mas estas dependem muito dos saberes pedagógicos dos docentes e de sua postura enquanto sujeitos e promotores de autonomia.

 Palavras-chave: Ensino de literatura. Práticas pedagógicas. Programa ensino médio inovador.


Texto Completo: PDF