Práxis Educacional, Vol. 13, No 25 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

A construção metodológica da representação discursiva de nordeste em cartas pessoais

Cristiane Maria Praxedes de Souza Nóbrega

Resumo


Este artigo tem como objetivo relatar e descrever a metodologia utilizada na pesquisa realizada durante o período de 2010 a 2015, culminando na tese de doutorado, defendida em dois mil e dezesseis. O objeto de estudo da referida tese pertence ao domínio discursivo das correspondências pessoais de dois expoentes da produção artístico-cultural brasileira: Câmara Cascudo e Mário de Andrade. Das cartas trocadas entre eles, foram extraídas e selecionadas sequências temáticas para que nelas fosse realizado um estudo analítico e interpretativo acerca de como se deu a construção de uma representação discursiva de Nordeste. Para tanto, fizemos uso de categorias advindas da Análise Textual dos Discursos (ADAM, 2008, 2011), rearticuladas e redefinidas por (RODRIGUES, PASSEGGI, SILVA NETO, 2010), e da lógica natural de Grize (1996). Para desenvolver a pesquisa, utilizamos uma metodologia que se enquadra no campo da pesquisa qualitativa com um olhar que aponta para alguns procedimentos da pesquisa quantitativa.

Palavras-chave: Metodologia. Nordeste. Representação discursiva.


Texto Completo: PDF