Práxis Educacional, Vol. 13, No 26 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Pedagogia da alternância e prática educativa na educação do campo: experiência da Escola Família Agrícola Dom Fragoso no Ceará

Regina Coele Queiroz Fraga, Jose Ribamar Furtado de Sousa

Resumo


A Pedagogia da Alternância é proposta escolar nos sertões de Crateús, Ceará, Brasil desde 2001com a criação da Escola Família Agrícola Dom Fragoso (EFA Dom Fragoso). É dessa experiência pedagógica que falamos. Iniciamos por fazer explanação sobre a História da Educação Brasileira no tocante à Educação Popular que por sua vez, produz a gênese da Educação do Campo. Os movimentos sociais em geral, e em seguida, o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) alteram a realidade nos sertões cearenses no que diz respeito à luta pela terra e pelas escolas rurais, hoje escolas do Campo. A EFA Dom Fragoso é herdeira das lutas sociais organizadas por agricultores vinculados ao MST e à Comissão Pastoral da Terra (CPT). As articulações desses movimentos sociais com os sindicatos dos trabalhadores da agricultura, em meados de 1980, somam um todo orgânico e fazem florescer as primeiras ideias de Educação do Campo. Dentre várias experiências, como as escolas populares e as escolas do MST a EFA Dom Fragoso nasce nesse contexto e edifica particularidade. Apresentamos parte dos resultados de pesquisa realizada a partir de acompanhamento de educandos matriculados ou egressos com domicílios no ‘Assentamento Monte Alegre’, Ceará, Brasil, e que praticam a Pedagogia da Alternância com orientação dos monitores da EFA Dom Fragoso.

Palavras chave: Escola Família Agrícola Dom Fragoso. Pedagogia da alternância. Prática educativa.


Texto Completo: PDF