Revista Extensão e Cidadania, v. 3, n. 5, jan./jun. 2015

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

A profissionalização dos artistas urbanos: entre a liberdade e a alienação

Perdigão Leite Leonardo

Resumo


O presente trabalho é fruto de desdobramentos da dissertação de mestrado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social (PPGPS) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Nele, são levantadas algumas discussões acerca da atual influência do mercado no trabalho dos grafiteiros, que têm em sua atividade artística uma nova possibilidade mercadológica, mas que também possuem desdobramentos e pressões que podem ser positivas ou negativas. Esses aspectos mercadológicos vão, muitas vezes, contra a essência das manifestações da arte urbana, que normalmente são gratuitas, efêmeras efeitas sem interferências externas. O debate foi feito com base em noções como alienação, liberdade, grafite corporativo e grafite marginal.

Texto Completo: PDF

INDEXADORES: