Revista Extensão e Cidadania, v. 3, n. 6, jul./dez. 2015

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Ações de revitalização de um fundo de vale urbano e educação em saúde no combate à dengue

Lilian Denise Mai, Antônio Carlos Andrade Gonçalves, Anderson Caires dos Santos, Rafaela Marioto Montanha, Matheus de Freitas Belon, Paloma Luana de Azevedo Ramos da Silva

Resumo


A preservação do meio ambiente, bem como a reconstrução de ambientes degradados, tem o potencial de melhorar a qualidade de vida dos moradores de uma comunidade. O objetivo deste artigo é relatar ações de revitalização de um fundo de vale, em área urbana, conjugadas à educação ambiental e educação em saúde para o combate à Dengue. Trata-se do relato de experiência do projeto de extensão “Atuação interdisciplinar e intersetorial no combate à Dengue”, desenvolvido desde setembro de 2009, por docentes e discentes dos grupos PET Agronomia e PET Enfermagem de uma universidade pública do Noroeste do Estado do Paraná. Os resultados evidenciaram a importânciade envolver a comunidade ativamente no planejamento das ações, plantio de mudas e ações educativas. Quanto à revitalização, foram plantadas mais de 2.500 mudas, com várias visitas posteriores à área para a sua manutenção e controle de pragas. Quanto ao combate à Dengue, foram desenvolvidas capacitações sobre a doença e a relação saúde/ambiente, realizadas visitas domiciliares e reuniões, além da produção de material educativo distribuído em vários locais da comunidade. Conclui-se que o envolvimento dos indivíduos na recuperação de uma área de preservação ambiental foi promovido e isto os fez despertar para questões de saúde pública sob uma abordagem de ecosaúde. Foram mobilizados conhecimentos e iniciativas no sentido de um acordar ambiental para a responsabilidade, especialmente no enfrentamento coletivo de uma doença como a Dengue.

Texto Completo: PDF

INDEXADORES: