Revista de Iniciação à Docência, Vol. 1, No 2

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

A INSERÇÃO DA CRIANÇA DE SEIS ANOS NO ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS: UMA PERSPECTIVA PEDAGÓGICA

Claudionor Alves da Silva, Ana Mara Trindade Lima, Nádia Bianca Cardoso

Resumo


A inserção da criança de seis anos no ensino fundamental no Brasil ocorre tardiamente, considerando os pressupostos teórico-metodológicos divulgados a partir do ano de 1970. Até então, não acreditávamos que as crianças de seis anos tivessem competências e/ou habilidades para o aprendizado e desenvolvimento da linguagem escrita. Outro aspecto que contribui para esse atraso tem relação com as políticas de financiamento da educação, pois o Fundo de Desenvolvimento de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (FUNDEF) 4 , instituído em 1997, não financiava a educação de crianças menores de sete anos de idade.

Texto Completo: PDF

ISSN 2525-4332