Anais da Semana de Agronomia da UESB (SEAGRUS), Vol. 1, No 1 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

AJUSTE DE MODELOS HIPSOMÉTRICOS PARA ESTIMATIVA DE ALTURA DE PLANTAS DE Bambusa vulgaris

Breno Santana Sena, Ana Paula da Silva Barros, Denys Matheus Santana Costa Souza, Renan Alves Santos, Vanusa Rodrigues de Souza, Adalberto Brito de Novaes

Resumo


O objetivo deste estudo foi avaliar modelos hipsométricos empregando-se o método de regressão linear para estimativa da altura de plantas de Bambusa vulgaris. Para tanto foram obtidas medidas dos diâmetros à altura do peito e altura de 30 colmos de bambu. Ajustou-se quatro modelos hipsométricos descritos na literatura, a escolha do melhor modelo foi baseada nos indicadores estatísticos coeficiente de determinação ajustado (R² aj.) para possibilitar a comparação de todos os modelos e o erro-padrão da estimativa (Syx). O melhor modelo encontrado foi o de Trorey (19332), com R² de 63,54% e Syx% de 10,12. Palavras-chave: regressão linear, coeficiente de determinação, bambu.

Texto Completo: PDF