Anais da Semana de Agronomia da UESB (SEAGRUS), Vol. 1, No 1 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

ANÁLISE SENSORIAL DO CAFÉ DESPOLPADO DO PLANALTO DE VITÓRIA DA CONQUISTA PARA INDICAÇÃO GEOGRÁFICA

Giuliana Ribeiro da Silva, Claudionor Dutra Neto, Ana Paula Trovatti Uetanabaro, José Carlos Novais, Edvaldo Oliveira, Eliane Queiroz de Souza

Resumo


 O objetivo deste estudo foi comprovar através da análise sensorial a qualidade do café despolpado produzido na região do Planalto de Vitória da Conquista- Bahia, com vistas à obtenção da Denominação de origem. A análise sensorial foi realizada em agosto de 2013 na Cooperativa Mista Agropecuária Conquistense Ltda (COOPMAC), em Vitória da Conquista. Foram selecionados ao acaso 13 amostras de café despolpado armazenados na COOPMAC oriundas de diferentes municípios e de diferentes produtores que compõem a região delimitada para Indicação geográfica. Foi utilizada a metodologia da SCAA e BSCA, ambas adotadas para concursos de classificação de café no Brasil. Participaram oito árbitros como degustadores profissionais de café arábica. Dentre as amostras, 5 delas apresentaram maiores médias de pontuação, com a bebida classificada como mole a estritamente mole. As médias de pontuação variaram entre si, entretanto todas as amostras foram classificadas como cafés especiais. A qualidade do café despolpado do Planalto de Vitória da Conquista foi comprovada pela análise sensorial, que aliado aos fatores naturais e ao saber fazer da região, torna-o adequado para a obtenção da Indicação Geográfica com Denominação de Origem.

Texto Completo: PDF