Anais da Semana de Agronomia da UESB (SEAGRUS), Vol. 1, No 1 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

AVALIAÇÃO CITOGENÉTICA DO MARACUJÁ-VERMELHO

Queite Suele Costa de Souza, Haryelle Brito Soares Cardoso, Devisson Luan, Flávio Flôres Britto, Cláudio Lúcio Fernandes Amaral, Eliane Mariza Dortas Maffei

Resumo


O maracujazeiro (Passiflora trintae Sacco) é nativa do planalto de Vitória da Conquista – BA e possui flores belas e vistosas o que lhe confere um enorme apelo ornamental. Por se tratar de uma espécie selvagem é considerada importante na utilização em programas de melhoramento genético. O presente trabalho objetivou fazer uma avaliação citogenética de P. trintae Sacco, e para isso utilizou-se lâminas de 10 pontas de raiz de plântulas. O cariótipo foi montado a partir de metáfases e os dados cromossômicos foram evidenciados com a relação entre braços e fórmula cariotípica. Quanto aos cariogramas, foram confeccionados com base nas mensurações cromossômicas do software Easyldio. Constatou-se que não houve alterações cromossômicas entre os genótipos. Enquanto as razões entre os braços cromossômicos apontaram uma variação entre 1,1 e 1,55entre os indivíduos avaliados. O estudo revelou a formula cariotípica 2n= 9M, indicando simetria cariotípica (primitivo).

Texto Completo: PDF