Anais da Semana de Agronomia da UESB (SEAGRUS) - ISSN 2526-8406, Vol. 1, No 1 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

COMPOSIÇÃO BROMATOLÓGICA DO FENO DE GRAMA ESTRELA (Cynodon) COM RELAÇÃO AO TEMPO DE ARMAZENAMENTO

Luiza Maria Gigante Nascimento, Bárbara Louise Pacheco Ramos, Thais Santana Soares, Yann dos Santos Luz, Ramon Soares da Mata, Mauro Pereira de Figueiredo

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo de avaliar a composição bromatológica do feno de grama estrela em dois anos distintos: fevereiro de 2015 e março de 2016 e a influência do tempo de armazenamento no valor nutritivo. A gramínea foi retirada do pasto do setor de caprinocultura da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), no município de Vitória da Conquista – BA, e realizou-se a conservação do alimento pela técnica de fenação nesse setor. O material foi levado ao Laboratório de Nutrição Animal do Departamento de Fitotecnia e Zootecnia da UESB - Campus Vitória da Conquista, BA para realização das análises. A composição bromatológica foi realizada com base na matéria seca (MS), proteína bruta (PB), fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente ácido (FDA), extrato etéreo (EE) e matéria mineral (MM). Houve maior porcentagem de PB e MS no feno armazenado do ano de 2016 em comparação ao feno do ano anterior. As quantidades mais significativas de FDN e FDA, sendo elas 78,35% e 37,73%, respectivamente, ocorreram no feno armazenado em 2015 e dessa forma, elevações na temperatura ambiente durante esse período em que esteve armazenado podem ter contribuído para elevação dessas frações fibrosas no feno. A quantidade de MM no feno de grama estrela de um ano para outro não foi alterada.

Texto Completo: PDF

ISSN 2526-8406