Anais da Semana de Agronomia da UESB (SEAGRUS), Vol. 1, No 1 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

DESEMPENHO DO IRRIGÂMETRO NA ESTIMATIVA DA EVAPOTRANSPIRAÇÃO DO FEIJÃO CAUPI DENTRO DE CASA DE VEGETAÇÃO

Lorena Júlio Gonçalves, Cristiano Tagliaferre, Amon Silva Pereira Costa, Diogo Ulisses Gomes Guimarães, Guapeí Vasconcelos Veras, Felizardo A Rocha

Resumo


Objetivou-se com o presente trabalho avaliar o desempenho do Irrigâmetro na estimativa da evapotranspiração da cultura (ETc) do feijão caupí dentro de casa de vegetação, por meio da comparação da ETc estimada pelo equipamento com as determinadas pelos métodos Penman-Monteith FAO 56 (padrão), Radiação e Blaney-Criddle durante o ciclo da cultura, em períodos diários. Os dados meteorológicos foram medidos dentro da casa de vegetação por uma estação meteorológica automática. Para avaliar o seu desempenho, utilizou-se a estimativa do erro-padrão (EEP), o coeficiente de determinação (r2), os parâmetros a e b das respectivas regressões lineares simples, índice de concordância (d) e o índice de confiança ou desempenho (c). O método de radiação foi o que apresentou melhor desempenho “Ótimo”. O Irrigâmetro apresentou “Muito Bom” desempenho, com estimativa da ETc próxima a obtida pelo método padrão.

Texto Completo: PDF