Anais da Semana de Agronomia da UESB (SEAGRUS), Vol. 1, No 1 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

QUALIDADE FISIOLÓGICA DE SEMENTES DE TRÊS ÁRVORES MATRIZES DE Senna siamea (Lam.) H.S. Irwin E Barneby - CAESALPINOIDEAE

Aldo Tanajura Menezes, Rafaela Gusmão Alves, Jerffson Lucas Santos, Josué Júnior Novaes Ladeia Fogaça, Otoniel Magalhães Morais

Resumo


O presente trabalho teve por objetivo avaliar a qualidade fisiológica das sementes de Senna siamea (Lam.) H.S. Irwin E Barneby obtidas de diferentes árvores matrizes. Foram coletadas sementes de Cassia-Sião (Senna siamea) de três arvores matrizes.  As avaliações realizadas foram: teor de umidade, peso de mil sementes, condutividade elétrica e porcentagem de sementes germinadas e mortas. A análise estatística dos dados foi realizada utilizando-se o delineamento experimental inteiramente ao acaso, em quatro repetições para cada tratamento. Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade através do programa estatístico Assistat. Os testes de peso de mil sementes, teor de umidade e germinação foram eficientes para avaliar a qualidade fisiológica das sementes e para identificar diferenças entre as matrizes avaliadas. A árvore 2 apresentou maior potencial como planta matriz devido a sua maior qualidade fisiológica das sementes de Senna siamea.

Texto Completo: PDF