Anais da Semana de Agronomia da UESB (SEAGRUS) - ISSN 2526-8406, Vol. 1, No 1 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

INFLUÊNCIA DO AMBIENTE E PERÍODO DE ARMAZENAMENTO NA VIABILIDADE DE SEMENTES DE SABIÁ (Mimosa caesalpinifolia Benth.)

Welluma Teixeira Barros, Sávio de Oliveira Ribeiro, Arlete da Silva Bandeira, Jerffson Lucas Santos, Otoniel Magalhães Morais

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade física e fisiológica das sementes sabiá em diferentes ambientes e períodos de armazenamento das sementes de sabiá. O experimento foi realizado no Laboratório de Tecnologia de Sementes da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, utilizou-se delineamento inteiramente casualizado. Os tratamentos constituíram-se de sementes de sabiá acondicionadas em dois ambientes (câmara fria e ambiente natural); e quatro períodos de armazenamento (0, 2, 4, 6 meses). As características avaliadas foram: teor de umidade, Índice de Velocidade de Germinação (IVG), teste de germinação, comprimento da raiz e da parte aérea e massa seca de plântulas. Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância e as médias dos tratamentos comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. As sementes de sabiá acondicionadas no período 0 apresentaram maior teor de água, comprimento de raiz e parte aérea e massa seca de plântulas. No teste de germinação as sementes inicialmente apresentaram uma maior germinação, seguida por uma diminuição na germinação no período de 2 meses, constando dormência e uma consequente queda de sementes duras no final do período com 6 meses. Palavras-chave:Ambiente, Armazenamento, Semente Florestal.

Texto Completo: PDF

ISSN 2526-8406