Seminário Nacional e Seminário Internacional Políticas Públicas, Gestão e Práxis Educacional, No 6 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

A REPRESENTAÇÃO DO NEGRO NO LIVRO DIDÁTICO DE HISTÓRIA DOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL: UMA ANÁLISE NA PERSPECTIVA DA LINGUÍSTICA CRÍTICA

Andirana Oliveira Lima, Darlene Silva Santos Santana

Resumo


Partindo de uma análise proposta pela linguística crítica, a qual esboça a necessária revisão de paradigmas epistemológicos, e considerando que os conceitos e concepções são construtos histórico-político-sociais, este trabalho objetiva analisar a representação social do negro no livro didático de História do Ensino Fundamental, tomando como problemática a construção identitária inerente a esses sujeitos, resultante de práticas pedagógicas amparadas pelo LD. Para tanto, este estudo perpassa pela reflexão sobre a escrita da História Oficial; faz uma breve apresentação panorâmica histórico-social do negro; e apresenta uma análise da representação do negro no livro didático, considerando o cenário político-ideológico. Com essa reflexão, propõe-se um novo olhar sobre o material posto para a atuação docente, uma vez ser este o fomentador de uma análise crítica de um discurso demarcado por interesses ideológicos dominantes.

Palavras - chave: Linguística crítica. Negro.Livro didático.


Texto Completo: PDF