Seminário Nacional e Seminário Internacional Políticas Públicas, Gestão e Práxis Educacional, No 6 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

EDUCAÇÃO INCLUSIVA E DIREITO À DIVERSIDADE EM ESCOLAS DO CAMPO

Arlete Ramos dos Santos, Vanusa Lima dos Santos Silva, Janaína Alves de Oliveira Serejo

Resumo


Este trabalho apresenta os resultados preliminares de um projeto de pesquisa em andamento no município de Vitória da Conquista, localizado na Bahia e tem como objetivo analisar o impacto das políticas educacionais do campo, que fazem parte do Plano de Ações Articuladas - PAR, implementadas neste município. O texto focaliza questões referentes a Educação Inclusiva, o direito a diversidade e o atendimento de necessidades individuais dos sujeitos inseridos nesta modalidade de educação, obedecendo o recorte temporal de 2010 a 2016. A pesquisa é de caráter qualitativa, de natureza exploratória, e, para análise dos dados, temos como referência a metodologia dialética. Nota-se que o município pode ser considerado como um cenário de educação campesina, uma vez que das duzentas e duas escolas existentes, cento e quarenta encontram-se localizadas na zona rural, sendo esta área formada por dezoito Círculos Escolares Integrados (CEIs) que atendem a oitenta e cinco escolas e dois Círculos de Nucleadas com quarenta e sete. Vitória da Conquista vem desenvolvendo ações que lidam com a educação inclusiva há vários anos. Entretanto, é no ano de 2008 que ocorre a adesão à política federal.

Palavras-chave: Diversidade; Escolas do campo; Políticas educacionais.


Texto Completo: PDF