Seminário Nacional e Seminário Internacional Políticas Públicas, Gestão e Práxis Educacional, No 6 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

PRÁTICAS DISCURSIVAS EM MICHEL FOUCAULT: UMA RACIONALIDADE CONTEMPORANEA

Celeste Dias Amorim, Milton Ferreira de Silva Júnior, Luiz Artur dos Santos Cestari, Celio Silva Meira

Resumo


Este artigo visualiza a necessidade de novas buscas teórico-metodológicas que seja possível pensar o “fazer ciência” de maneira a direcionar outros caminhos que distam do paradigma moderno. Neste sentido, apresenta a análise arqueológicade Michael Foucault com um método discursivo que traz reflexões centradasnas relações de poder, que se mostra de diferentes modos, estabelecendo o controle na sociedade disciplinar/panóptica. Tem se aqui, o estudo de Foucault como um movimento contemporâneo que tende a promover a superação do paradigma sociocultural dominante que promoveu o controle e o poder nas práticas discursivas institucionais, bem como, a instrumentalização da ciência.

Palavras-chave: Controle. Discurso. Sujeito. Poder.Sociedade Disciplinar.


Texto Completo: PDF