Seminário Nacional e Seminário Internacional Políticas Públicas, Gestão e Práxis Educacional, No 6 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

FORMAÇÃO E PRÁTICA DO COORDENADOR PEDAGÓGICO NO EXERCÍCIO PROFISSIONAL

Cind Nascimento Silva, Rosineide Pereira Mubarack Garcia

Resumo


Ao longo do tempo a sociedade tem passado por mudanças políticas, sociais, econômicas e, neste contexto, a instituição escolar, considerada um lócus de formação e convivência, influencia e, ao mesmo tempo, é influenciada pelos sujeitos sociais. Logo, é necessário que a escola,neste cenário de constantes mudanças, tenha profissionais ativos e reflexivos. Partindo desta perspectiva, compreende-se o trabalho do coordenador pedagógico de suma relevância, uma vez que este está intimamente relacionado aos processos de ensino e aprendizagem que refletem significativamente na qualidade educacional. Neste sentido, objetivou-se analisar a formação, tanto inicial quanto continuada, deste profissional e como estas refletem no exercício de sua prática e como estão referendadas nas principais bases legais educacionais vigentes. Para alcançar tal objetivo foi utilizada a pesquisa de campo, abordagem qualitativa, na qual envolveu quatorze coordenadores pedagógicos que atuavam nas escolas públicas municipais dos segmentos de ensino, da Educação Infantil, Anos Iniciais e Finais do Ensino Fundamental, do município de Brejões/BA. Como fonte teórica, abarca, sobretudo, os estudos feitos de Canário (1998), Freire (1996), Garcia, (1997), Imbernón (2010), Libâneo (2006), entre outros. Deste modo, notou-se que há uma carência de divulgação sobre o que especificamente faz o coordenador pedagógico, mas há também uma carência em se discutir o sentido e importância de sua formação, seja ela continuada ou não, pois é neste percurso formativo que se consolida o profissional, e há uma responsabilidade diante desse aspecto, que não é apenas dele.

Palavras-chave: Atuação. Coordenador Pedagógico. Formação.


Texto Completo: PDF