Seminário Nacional e Seminário Internacional Políticas Públicas, Gestão e Práxis Educacional, No 6 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

EDUCAÇÃO, SEXUALIDADE E GÊNERO: QUAL O OLHAR PERCEPTIVO DA ESCOLA MUNICIPAL JOAQUIM DIAS GUIMARÃES, SOBRE SEUS ALUNOS?

Maria da Solidade Teixeira Fernandes

Resumo


Um dos assuntos que ganham cada vez mais espaço nas discussões dos estudos científicos, atualmente, são sexualidade e gênero. A sexualidade é importante na formação da personalidade, pois inerente à constituição humana, faz parte dos pensamentos e ações dos indivíduos. Quanto à questão do gênero já não é percebida, como em tempos atrás. Hoje, as concepções são diferentes. Apesar das transformações no currículo dos cursos de licenciatura e o surgimento de vários estudos e debates acerca dessa questão, ainda encontramos muitos (as)educadores (as) com dificuldades em lidar com esses temas.  O objetivo desta pesquisa consiste em investigar a forma pela qual, professores de Ensino Fundamental da Escola Municipal Joaquim Dias Guimarães em Guanambi-Ba, percebem a sexualidade/sexo e gênero na escola. Procurou-se levantar dados relativos a estas questões no cotidiano escolar, verificando a posição da escola e como lidam com este assunto. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, em que o “corpus” foram os professores que ali ministram suas aulas. A coleta dos dados foi realizada por meio da observação participante e entrevista individual, usando um questionário com questões norteadoras a fim de obter as respostas solicitadas. Após análise e reflexão, conclui-se que, os professores que atuam na escola, onde ocorreu a pesquisa, percebem as questões de gênero e sexo/sexualidade, com dificuldade, em decorrência da falta de conhecimento mais reflexivo sobre as temáticas, da falta de interesse em buscar e analisar as informações teóricas a fim de melhorar a prática em sala de aula e mudar alguns conceitos embutidos na nossa educação.

Palavras-chave: Educação. Gênero. Sexualidade.


Texto Completo: PDF